Aparelho ortodôntico e atividade física: é possível conciliar?

Created with Sketch.

Aparelho ortodôntico e atividade física: é possível conciliar?

Uso de aparelhos metálicos tradicionais podem potencializar lesões durante esportes de alto impacto. Mas a odontologia moderna tem alternativas para que os atletas não precisem abrir mão do tratamento ortodôntico 

Manter a saúde bucal em dia é essencial para garantir uma boa performance para os atletas.

Quando os dentes estão mal posicionados dentro da boca, podem provocar dificuldades na respiração e até na alimentação, o que compromete o desempenho durante atividades físicas.

Por outro lado, muitas pessoas que praticam alguma modalidade esportiva ficam em dúvida se o uso do aparelho ortodôntico pode ser conciliado com ela sem grandes problemas.

A ortodontista Fernanda Baboni explica que o uso do aparelho ortodôntico não prejudica em nada a prática esportiva, pelo contrário, já que os benefícios do tratamento podem impactar positivamente na performance.

“Com a evolução da odontologia, hoje temos modelos de aparelhos que são muito propícios para atletas, um deles é o alinhador invisível, que pode ser retirado durante a atividade física e depois colocado novamente sem grandes problemas”.

Além da mobilidade, o alinhador invisível também exerce uma força menor sobre os dentes enquanto estão sendo movimentados, se comparado ao aparelho fixo metálico tradicional, por exemplo.

“Dessa forma, o paciente não sente um desconforto significativo e, assim, sua performance também não será prejudicada por aquela sensação de ‘dentes apertados’”.

Outro modelo de aparelho ortodôntico apropriado nesse tipo de caso é o lingual, que é colocado por trás dos dentes.

E o aparelho fixo metálico? De acordo com a especialista, ele até pode ser utilizado por atletas, mas tem alguns pontos negativos.

“Nada impede o uso desse aparelho tradicional, no entanto, o risco de traumas nos lábios, bochechas e mucosas da boca de forma geral é bem mais alto, especialmente em esportes de impacto mais alto”.

Quem joga futebol, por exemplo, está exposto à chance de sofrer algum choque na região da boca e a superfície metálica do aparelho pode potencializar a lesão.

Existem muitos esportes, especialmente artes marciais, que exigem o uso de protetores bucais. O aparelho também não é um impedimento para isso.

“Mesmo quem usa o aparelho fixo – metálico ou lingual – pode usar protetor, mas precisa ter o cuidado de encomendar um específico e trocá-lo com mais frequência, porque conforme os dentes vão se movimentando, o acessório vai deixando de se encaixar corretamente”, explica Fernanda. 

O mais importante é procurar um especialista em ortodontia para recomendar o melhor tratamento, conciliando as particularidades da rotina do paciente – como a atividade física – com os resultados esperados.

 

No Comments

Add your comment